Defesa do setor

Shoppings contratarão mais trabalhadores temporários em 2019 para Natal e Black Friday

Por  | Foto Divulgação | 10/2019 | Edição 226

Aumento previsto é de 28% com relação ao último trimestre de 2018

Assim como o Shopping Penha, na capital paulista, o setor estima um maior movimento em novembro e dezembro

A maré está a favor e a Black Friday e o Natal de 2019 devem registrar vendas acima das alcançadas no ano anterior. A expectativa fica mais palpável quando observamos a intenção dos shopping centers em contratar mais trabalhadores temporários para as principais datas do varejo. Estudo recente divulgado pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), aponta que as admissões para o último trimestre do ano aumentarão 28% em comparação ao mesmo período de 2018.

A pesquisa também indica que as operações que mais alavancarão a abertura de vagas são lojas de calçado (65%), vestuário (62%) e brinquedo (57%). O otimismo segue os resultados favoráveis de vendas do ano, que em agosto subiram 5,7%, e no acumulado do período (janeiro a agosto) somam 8,3% de crescimento em relação a 2018.

Ainda de acordo com o levantamento da Abrasce, 86% dos shoppings esperam admitir a mesma quantidade ou elevar o número de temporários. A inauguração de quiosques temporários e lojas pop-ups terá alta de 69%, sendo liderada principalmente pelos setores de artigos de decoração, artigos natalinos, acessórios, telefonia, alimentação, chocolates e perfumaria e cosméticos.


Cenário animador

O Mooca Plaza Shopping, da brMalls, já está em processo de contratação de funcionários temporários

Jini Nogueira, diretora comercial da brMalls, demonstra ânimo com relação ao fluxo de vendas e geração de empregos para os últimos meses do ano. Segundo a executiva, a estimativa é que sejam realizadas mais de 250 contratações temporárias pelos lojistas dos shoppings da empresa só no eixo Rio-São Paulo. Também estão previstas mais de 35 inaugurações de operações até o fim do ano, incluindo marcas como Adidas, Madero, Grand Cru, NBA Store, Tok&Stok, Granado e Coco Bambu.

A contratação de vagas temporárias é feita diretamente pelos lojistas. No entanto, sabemos que esta é uma das principais demandas dos varejistas neste período. Estamos dando apoio por meio da estrutura que temos no CUBO, em São Paulo, hub de empreendedorismo e inovação. Lá, possuímos um andar dedicado ao incentivo de conexões entre as soluções de negócio desenvolvidas por startups e varejistas. Esse ano, está sendo realizada a integração de 40 marcas do Mooca Plaza Shopping, na capital paulista, com a startup Recruta Simples, que possui uma plataforma que possibilita a contratação de forma ágil. A expectativa é preencher 40 vagas por esse projeto piloto, que já recebeu quase 5 mil currículos em apenas quatro semanas”, revela Jini.

O otimismo também chegou ao Shopping ABC, que já teve um aumento de 30% no fluxo de visitas neste ano

Os empreendimentos da AD Shopping também surfam na onda positiva. Flávia Tegão, gerente de marketing do Shopping ABC, em Santo André, SP, destaca que haverá contratações, principalmente porque há muitas operações e atrações novas por lá, o que tem gerado cada vez mais visitação. “Estamos otimistas. Até o momento tivemos cerca de 30% de aumento no fluxo de pessoas comparado ao mesmo período do ano passado. Esperamos manter esse índice, que já consideramos acima da média no mercado”, diz Flávia, acrescentando que foram inauguradas 26 operações no empreendimento em 2019.

O Shopping Praça da Moça, em Diadema, SP, também espera um volume de vendas e fluxo superior ao de 2018, especialmente com a chegada da Black Friday e do Natal. “A inauguração de grandes operações e consequente ampliação no mix de lojas trazem facilidades aos clientes de encontrar presentes, contribuindo para que os índices de venda e fluxo se tornem ainda mais positivos. O empreendimento apresenta bons resultados desde o início do ano e a expectativa é que feche 2019 com vendas acima de 7% e um fluxo de pessoas de 6%”, indica Daniel Lima, gerente de marketing.

Quiosques da Popcorn, Turma da Mônica, Esporte Fino, Fábrika de Eventos, e Feeling Semi Jóias marcarão presença no Shopping Penha, na capital paulista, nesse último trimestre. A gerente de marketing do empreendimento, Renata Barros, informa que a maioria das operações realizará admissões temporárias para a Black Friday e o Natal, promovendo inclusive uma influência importante no entorno do empreendimento. “Quando abrimos vagas para a contratação de temporários, buscamos priorizar moradores da região, porque acreditamos que essa troca é positiva para ambos os lados. O impacto no desenvolvimento social e econômico da região é perceptível e mensurado, inclusive, no aumento do ticket médio”, frisa.

Os números indicam mais uma vez a resiliência do setor de shoppings frente as instabilidades políticas e econômicas do país.