JAV/FEV 2019 - Edição 222 Ano 32 - VER EDIÇÃO COMPLETA

Bem amplificado

1 de março de 2019 | por Paula Andrade | Fotos: Divulgação
Empreendimentos apoiam revitalizações de praças e propriedades e impactam positivamente o entorno
A Praça Oswaldo Cruz adotada pelo Shopping Pátio Paulista

Gerar emprego e renda, acelerar a economia, promover eventos em prol da cultura e educação. Além dos benefícios conhecidos por todos, os shopping centers estão se destacando por ações de sustentabilidade e responsabilidade social. Os efeitos positivos dos empreendimentos estão extrapolando os limites dos corredores e chegando aos arredores. Na cidade de São Paulo, existem bons exemplos dessa questão. Mostramos aqui a revitalização da Praça Oswaldo Cruz, promovida pelo Shopping Pátio Paulista e a restauração do Casarão Nhonhô Magalhães pelo Shopping Pátio Higienópolis. Acompanhe!


Acesso verde

Situada em frente ao Shopping Pátio Paulista, a Praça Oswaldo Cruz é praticamente uma extensão do empreendimento e serve como acesso principal para grande parte dos visitantes. “Ela é a porta de entrada para cerca de 40 mil pessoas diariamente, então, observamos a necessidade de revitalizar o local e proporcionar experiências únicas a nossos clientes. O shopping center tem um papel de agente transformador na comunidade em que está inserido”, comenta Alexandre Bicudo, superintendente do empreendimento.

A reforma da área de 2.600 m² teve início em setembro de 2018 e, desde então, está bem mais agradável e convidativa. Ao longo de 36 meses, o shopping deverá promover melhorias e mantê-las. “A adoção prevê pinturas de jardineiras, ajustes na iluminação, plantio e poda de vegetação nos canteiros, recuperação dos passeios danificados, além da conservação das benfeitorias. A ação começou com novo paisagismo e, em novembro, as árvores foram iluminadas para a nossa decoração de Natal”, destaca Bicudo.

Além dos benefícios estéticos, o objetivo também é promover atrações gratuitas para o público. O Shopping Pátio Paulista recebe cerca de 1,2 milhão de visitantes por mês.


Resgate histórico

O imponente Casarão Nhonhô Magalhães é um marco arquitetônico do centro de São Paulo. Construída em Higienópolis para abrigar o fazendeiro de café Carlos Leôncio Magalhães, a propriedade de 2.500 m² e 40 cômodos chama atenção pelo estilo eclético, inspirado nas mansões francesas do século 19.

Restaurado pelo Shopping Pátio Higienópolis, o Casarão Nhonhô Magalhães será palco de atividades culturais por 20 anos

O local, palco de muitas festas da família Magalhães, acabou vendido em 1952 para a Fazenda do Estado de S. Paulo e foi sede da Secretaria de Segurança Pública entre 1974 e 1994. Uma nova etapa na história do imóvel começou em 2005 quando o Shopping Pátio Higienópolis o adquiriu por R$ 19,5 milhões. Quatro anos mais tarde, as obras de restauração do palacete tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat)  foram iniciadas.

“Em 2014, com a obra parcialmente concluída, o Casarão passou a fazer parte da programação da Jornada do Patrimônio, aberta à visitação. Já a abertura do Paço das Artes para o público deve acontecer no segundo semestre de 2019”, revela Ednaldo Sousa Júnior, gerente geral do Shopping Pátio Higienópolis.

Por 20 anos o empreendimento promoverá atividades culturais no Casarão Nhonhô. Erguido em um terreno arborizado com mais de 7 mil m², a construção conta com espaços específicos para apresentações musicais, recitais de poesia e saraus, além de um pequeno teatro no subsolo.

  • GOSTOU? COMPARTILHE: