MAR/ABR 2021 – Edição 234 Ano 34 - VER EDIÇÃO COMPLETA

Compromisso socioambiental

9 de abril de 2021 | por Solange Bassaneze | Fotos: Divulgação
Nespresso e O Boticário, empresas que investem em logística reversa e colhem bons resultados

A sustentabilidade é um dos pilares de muitas empresas e algumas viram referência para todo o mercado. No setor varejista, é possível ver como projetos bem-sucedidos trazem impactos positivos na sociedade e no meio ambiente.

Confira a seguir como dois líderes de mercado, O Boticário e Nespresso, trabalham com a questão da logística reversa e inspire-se!

Cápsulas de café

A sustentabilidade faz parte do DNA da Nespresso e está presente desde a produção do café até a logística reversa e reciclagem. A empresa utiliza cápsulas de alumínio por serem as mais indicadas para proteger o frescor e os aromas do produto. Desde 2011, atua com um Centro de Reciclagem, em que o pó do café é separado do alumínio sem a utilização de água. “Estamos trabalhando para atingirmos a meta de 30% de reciclagem efetiva até dezembro deste ano”, pontua Cecilia Seravalli Soares, gerente de sustentabilidade da Nespresso no Brasil. Para isso, possui parcerias com mais de 80 cooperativas em todo o Brasil. Esse alumínio reciclado se transforma em outros objetos que voltam para o dia a dia dos consumidores, enquanto o pó de café vira adubo orgânico. 

Boutique Nespresso - Revista Shopping Centers
Boutique da Nespresso 

Desde maio de 2020, a empresa avançou ainda mais na questão da reciclagem e passou a produzir cápsulas com 80% de alumínio reciclado. “Até o final de 2021, todas as cápsulas da linha doméstica terão esse padrão. Por ano, investimos mais de 5 milhões de reais em ações de reciclagem”, diz Cecilia .

Desde outubro do ano passado, 100% dos clientes também passaram a ter acesso a uma solução de reciclagem oferecida pela marca. Podem devolver as cápsulas usadas nas Boutiques Nespresso ou levá-las até um dos mais de 200 pontos de coleta no Brasil. Também é possível enviá-las pelos Correios, sem custo, quando não há um ponto de coleta próximo.

Cápsulas da Nespresso no início do processo de reciclagem 

Nosso foco é levar a todos os clientes uma solução de reciclagem
de cápsulas sem nenhum custo”, Cecilia Seravalli Soares, gerente de
sustentabilidade da Nespresso no Brasil
Entrega Verde Logística Reversa Nespresso - Revista Shopping Centers
A Entrega Verde da Nespresso é feita de bicicleta e o cliente pode retornar as cápsulas utilizadas que serão recicladas  

O consumidor de algumas regiões pode, ainda, fazer a compra pelo site e solicitar o serviço de Entrega Verde, que se dá por meio de bicicleta, colaborando para a mobilidade e com o meio ambiente. “Ela vem sendo muito utilizada na pandemia, principalmente no período em que nossas boutiques estavam fechadas. Recentemente, expandimos a Entrega Verde de São Paulo e Rio de Janeiro também para Porto Alegre, em 12 bairros, e Recife, em 34 bairros. Isso demonstra que esses programas vêm tendo uma grande adesão dos consumidores.” Ao receber a entrega, o cliente também pode entregar as cápsulas usadas.

Embalagens de produtos de beleza

PDV Boti Recicla O Boticário - Revista Shopping Centers
São mais de 4 mil pontos de venda que contam com urnas de coleta para reciclagem do programa Boti Recicla
Logística reversa o Boticário Boti Recicla  - Revista Shopping Centers
Coletor do Boti Recicla

Desde 2006, O Boticário investe no maior programa de logística reversa do país em pontos de coleta no segmento de beleza. O Boti Recicla começou com uma iniciativa interna, de mobilização dos colaboradores, até chegar à rede de franqueados. “Hoje, envolve mais de 4 mil pontos de venda no Brasil, em que disponibilizamos as urnas para a coleta.

Muito antes de ser uma obrigação legal de destinação de resíduos, cumpre com um dos pilares fundamentais da atuação do Boticário, a sustentabilidade, presente desde a fundação da empresa nos anos 1970”, reforça Cathyelle Schroeder, gerente de branding do Boticário. 

O programa recebe embalagens de cosméticos de qualquer marca, que são encaminhadas para triagem em cerca de 20 cooperativas de materiais recicláveis em diferentes regiões do Brasil. “Assim, as famílias envolvidas na atividade conseguem gerar renda. Isso tem um valor para o consumidor, que entende o papel da empresa no ciclo e o dele mesmo, que é convidado a participar, devolvendo suas embalagens nas lojas”, destaca Cathyelle. 

Além de todos os ganhos ambientais, esses resíduos são reciclados para reuso em diferentes frentes, da decoração à própria operação.

O vidro pode ser um becker decorativo nos modelos mais contemporâneo ou estar nas luminárias das flags em Curitiba e São Paulo. “É usado ainda para compor novas embalagens, como os 35% de vidro reciclado no envase de Malbec Club, que evitam o uso de 180 toneladas de material virgem por ano. A evolução do processo de reciclagem, que transforma e ressignifica o lixo, foi um fator importante na decisão de amplificação do Boti Recicla.”

Programa de logística reversa o Boticário Boti Recicla  - Revista Shopping Centers
Cerca de 20 cooperativas de todas as regiões do país fazem a triagem do material coletado pelo Boti Recicla

Atualmente, as lojas da marca ainda são projetadas com itens sustentáveis como o uso de materiais e estrutura com menor geração de resíduo, processos com eficiência energética, revestimentos, elementos de decoração, materiais feitos a partir da reciclagem, entre outros. 

O Grupo Boticário investe 1% da receita bruta em ações de Sustentabilidade, na Fundação Grupo Boticário e no Instituto Grupo Boticário. Em novembro de 2020, criou sua primeira loja sustentável com uso do plástico reciclado. “Por meio de uma tecnologia desenvolvida por nosso parceiro, utilizamos três toneladas de plástico para criar perfis reciclados. Isso nos permitiu modelar um novo ponto de venda, com atributos sustentáveis e que podem ser replicados pela nossa rede de franqueados. Temos nove lojas sustentáveis em operação atualmente, no Ceará, Rio Grande do Sul, interior de São Paulo, Santa Catarina e Paraná”, detalha Cathyelle. 

E agora assumiu outro compromisso em 2021: o de construir espaços pedagógicos de 30 m2 em 15 escolas públicas utilizando o plástico reciclado. O projeto segue a mesma tecnologia das lojas sustentáveis. “O Boti Recicla agora está na trilha do impacto na estrutura do negócio e social, firmando, mais uma vez, seu compromisso”, finaliza. 

“Para a empresa, ser sustentável é, sobretudo, desempenhar o papel ativo na sociedade em prol de sua evolução e gerar mudanças positivas para os públicos que se relacionam conosco, criando e compartilhando valor com eles ao longo de toda nossa cadeia”, Cathyelle Schroeder, gerente de branding do Boticário 
Cathyelle Schroeder, gerente de branding do O Boticário - Revista Shopping Centers
  • GOSTOU? COMPARTILHE: