JUL/AGO 2019 - Edição 225 Ano 32 - VER EDIÇÃO COMPLETA

Shopping centers cumprem seu papel social na Campanha do Agasalho

1 de agosto de 2019 | por Solange Bassaneze | Fotos: Divulgação
Alguns empreendimentos seguem com os pontos de coleta até setembro

Em país com a desigualdade social presente no dia a dia da sociedade, a união de entidades públicas, privadas e da sociedade civil faz a diferença na vida de quem mais precisa. É o que acontece com Campanha do Agasalho, criada em 1947, uma iniciativa do Fundo Social de São Paulo, ligado ao Governo do Estado de São Paulo, que neste ano tem como protagonistas os personagens Ben10 e As Meninas Superpoderosas, do Cartoon Network. O principal objetivo destas campanhas é coordenar as ações de arrecadação de itens de inverno para ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade a enfrentar os períodos de frio. Como transformador da sociedade, o setor de shopping centers tem uma participação importante nesta ação e muitos colocam pontos de coleta em seus malls.  

Unidos pelo bem

O Grupo Gazit Brasil é um dos que apoiam campanhas sociais e este ano instalou pontos de coleta em todos os seus empreendimentos, que ficam situados na Grande São Paulo. “A parceria é recente e a nossa ideia é dar sequência nos próximos anos. Temos a expectativa de arrecadar 5 mil peças, que serão encaminhadas ao depósito indicado pelo Fundo Social como hospitais e centros de acolhida, em todos os municípios do estado”, relata Rhuann Destro, gerente de marketing corporativo da Gazit Brasil. Segundo ele, a participação por parte do setor é essencial pelo fácil acesso que os centros de compras oferecem aos clientes. “Além disso, o shopping tem um potencial de divulgação e de atração de boas causas em suas regiões. É fundamental aproveitarmos esse cenário para fomentar ações que fazem o bem e são extremamente importantes para toda a sociedade, faz parte do papel social do shopping center”, diz Destro.

Juliana Ribeiro de Rezende Monteiro, coordenadora de marketing do Parque D. Pedro | Foto Tatiana Ferro

O Parque D. Pedro Shopping fechou pelo segundo ano consecutivo uma parceria com o Poupatempo Campinas, que distribuiu 69 pontos de coleta pela cidade, incluindo condomínios residenciais, e beneficia cerca de 25 entidades assistenciais. Segundo Juliana Ribeiro de Rezende Monteiro, coordenadora de marketing, em 2018, entre agasalhos e cobertores, foram arrecadadas quase 2.500 peças, o equivalente a 5% do total da campanha, número expressivo considerado pelo órgão do estado da região, que totalizou 50 mil itens em toda a cidade. “Acreditamos que a adesão será superior ao ano passado. Trabalhamos com a meta de ultrapassar 3 mil peças. Nosso público é muito receptivo e participativo nessas campanhas. Antes mesmo de iniciarmos a arrecadação, já percebemos o interesse das pessoas e isso ajuda no engajamento. Além disso, a responsabilidade social é um dos pilares da companhia e nos pautamos por uma postura responsável em relação à comunidade em que atuamos e o poder público tem o know-how do setor assistencial”, afirma Juliana.

Diego Marcondes | Foto André Telles

Diego Marcondes, head de marketing da Ancar Ivanhoe, considera fundamental a participação do setor em ações sociais, pois a capacidade de mobilização é enorme. “Os shoppings são verdadeiros agentes transformadores da realidade. Se utilizarmos as ferramentas de comunicação disponíveis para impactar mais de 30 milhões de visitantes que os shoppings da rede possuem em um único mês, podemos fazer uma diferença enorme em uma campanha como essa do agasalho”. Sete empreendimentos do grupo aderiram à campanha e cada um seleciona as instituições locais que serão beneficiadas. “Sempre é realizado um mapeamento das entidades para que tenham sinergia com os valores da empresa e contribuam com as reais necessidades das regiões em que nossos shoppings estão inseridos.”

Ricardo Portela, gerente de marketing do Shopping Ibirapuera |Foto Kali Marina

Há mais de 20 anos que o Shopping Ibirapuera faz a arrecadação de agasalhos e cobertores. “Esse ano, tivemos um bom engajamento com um pouco mais de 100 kg de doações. Por ser uma campanha bastante conhecida e de muitos anos, os visitantes se programam para fazer suas contribuições e a Cruz Vermelha vem até o empreendimento para retirar todas as doações, fazendo uma triagem rigorosa. A escolha pela entidade se deu faz muitos anos por ser séria e idônea, com uma proposta muito forte e bonita de ajuda humanitária”, afirma Ricardo Portela, gerente de marketing do Shopping Ibirapuera.

Ana Paula Niemeyer, gerente de marketing da Aliansce Sonae

Nesse ano, a Aliansce Sonae fez uma parceria com o Instituto da Criança pela primeira vez em dez shoppings do estado do Rio de Janeiro. Em pouco mais de 20 dias, foram arrecadadas mais de 2 mil peças, que foram revertidas para entidades cadastradas pelo parceiro e próximas aos empreendimentos. “Ficamos muito felizes com esse resultado. Por ser a primeira vez, o público teve conhecimento e contribuiu. A tendência é aumentar esse engajamento para os próximos anos, já que acreditamos na continuidade dessa parceria. O papel do shopping é de ajudar, mas também de educar a sociedade”, diz Ana Paula Niemeyer, gerente de marketing da companhia.

O Shopping Metrópole adere às campanhas de agasalho da Prefeitura de São Bernardo do Campo faz 10 anos. Em média, são arrecadadas 400 peças por semana. “Além dos clientes, contamos com a participação de lojistas e colaboradores, que fazem doações individualmente e anônimas sem associar à loja”, explica Ana Carolina Lima, supervisora de marketing do Metrópole. O São Bernardo Plaza Shopping também trabalha com um projeto chamado Loja Vazia em que incentiva as doações. É o quarto ano consecutivo que participa da iniciativa. Em três anos de campanha, receberam mais de 25 mil peças, o que favoreceu mais de 50 instituições. Neste ano, o objetivo é conseguir 12 mil itens. Instalaram até um contador para que o público possa acompanhar de perto as arrecadações.

O ano inteiro

Partage Shopping Rio Grande mantém um ponto de coleta para doações o ano inteiro e apoia projeto da prefeitura

Devido ao clima frio da região Sul do Brasil, o Partage Shopping Rio Grande (RS) apoia o Banco Municipal do Vestuário, da Prefeitura de Rio Grande, nos últimos dois anos. Durante os 12 meses, o empreendimento disponibiliza um espaço para doações, que, posteriormente, são encaminhadas para a loja situada no centro da cidade. “Temos orgulho em apoiar uma ação como esta, onde criamos um ponto de coleta que ajuda a população da região e proporciona um clima mais ameno aos que precisam”, conta Julio Macedo, diretor de Gestão e Marketing da Partage Shopping.

PARA OS ANIMAIS
Os pets também sentem frio e muitos vivem em abrigos à espera de um dono. Pensando nisso, o Santana Parque Shopping, em parceria com a ONG AMPARA Animal, instalou pontos de coletas para arrecadar roupinhas, cobertores e caminhas para os bichos até 29 de setembro. As doações serão destinadas à Coordenadoria de Saúde e Proteção ao Animal Doméstico (COSAP). Segundo Marcos Maltez, gerente de marketing, é uma oportunidade de ajudar os animais que estão em abrigos.

  • GOSTOU? COMPARTILHE: